Translate

Etiquetas

domingo, 18 de dezembro de 2011

O que significam os percentis?

O crescimento das crianças é actualmente definido em curvas de percentis, que muitas vezes são mal interpretados, causando grandes ansiedades aos pais.
O primeiro aspecto a clarificar é o que significam os percentis. São apenas medidas estatísticas que nos dizem qual a percentagem da população que tem um valor igual ou inferior.
Assim, partindo do princípio que uma criança tem um peso no percentil 25, isto não quer dizer que ela tem pouco peso, porque está abaixo do percentil 50. A única coisa que podemos concluir é que 25% da população de crianças saudáveis com aquela idade tem um peso igual ou inferior ao dessa criança.
O aspecto mais importante relacionado com as curvas de percentis é a evolução dos valores ao longo do tempo, ou seja, se os valores todos fazem uma curva semelhante à do gráfico. Um valor isolado dá muito pouca informação para tirar conclusões...
Deste modo, o percentil 10 não é pior do que o 50, tal como o 90 não é melhor ainda, pois são apenas medidas estatísticas. Dizer que uma criança é baixa ou magra só porque tem um percentil inferior ao 50 é muitas vezes um erro e é fundamental passar esta mensagem.
Apesar de o mais comum ser quantificar em termos de percentis apenas o peso, comprimento e perímetro cefálico, quase tudo se pode avaliar dessa forma. Alguns exemplos incluem: tensão arterial, índice de massa corporal, envergadura, tamanho do pénis, perímetro abdominal, ...
Se o seu filho apresenta uma descida nos seus percentis ao longo do tempo, vale a pena discutir esse assunto com o médico assistente. Na maior parte das vezes não terá grande significado, particularemente se só descer um percentil, mas se a criança cruzar 2 percentis (passar do percentil 75 do peso para o 10, por exemplo) é preciso mais cuidado na abordagem, porque nesses casos já pode fazer falta fazer algum tipo de investigação. Se não perguntar ao médico, vai ficar a pensar nisso eternamente, o que não é benéfico para si, para o médico e muito menos para o seu filho!

125 comentários:

  1. Obrigada pelo seu blog! ainda agora o descobri e estou a adorar a informação! tenho uma bebé de 4 meses e o percentil dela sempre foi de 25. O pediatra e a equipa de enfermagem sempre causaram muito stress e pressão sobre mim relativamente à alimentação, que era necessário insistir a bebe a comer por ser uma bébe pequenina! este artigo ajudou-me a perceber os percentis o que me fez manter mais a calma, no entanto, fico indignada com o pediatra e restantes! a minha bebé bebe muito pouco leite, acabou o leite materno agora só o mesmo suplemento, mas menos de metade comparando à média...afinal nem todas as pessoas são iguais...obrigada pelo artigo, mesmo!

    ResponderEliminar
  2. Obrigado pela informacao. Tenho uma bebe de 6 meses que esta abaixo do percentil 50 e disseram me que estava magra. Ela tem 6 kg e 62 cm. Comecava a ficar nervosa

    ResponderEliminar
  3. Parabéns pelo blog e em particular por este excelente artigo!
    (Infelizmente há muita desinformação e "complicação nesta área, esquecendo-se muitas vezes que as tabelas de percentis apresentados nos nossos boletins de saude infantil, apesar de já terem sido adoptados os mais recentes, ainda são os que remontam aos percentis americanos, baseados em crianças alimentadas com leite artificial).
    Isabel Rute Reinaldo
    (mãe de 8 filhos, conselheira e formadora em aleitamento materno oms/unicef)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado pelo comentário.
      Não podia também deixar de felicitá-la por esse ENORME feito que é ser mãe de 8 filhos. Os meus sinceros parabéns...
      Cumprimentos,

      Hugo Rodrigues

      Eliminar
  4. Estava pensando nisso hoje.
    As tabelas deveriam ser personalizadas para cada criança. Algo ajustável como definir o peso e tamanho de nascimento como sendo a curva de percentil 50 dela e assim, acompanhar sua evolução, se ela está mantendo a sua própria média ou não.
    Ou ainda tomar como referência principal o IMC.
    Meu segundo filho nasceu prematuro de 35 semanas e, apesar de nascer com 500 gramas a menos que meu primeiro filho nascido com 38, tinha apenas 1cm a menos.
    O que quero dizer é que precisa se levar em conta a genética de cada um e não só os números.

    ResponderEliminar
  5. Boa noite,

    Concordo plenamente e é por isso que as curvas não devem ser interpretadas de forma "cega", mas sim com o senso clínico que é sempre fundamental.
    Cumprimentos,

    Hugo Rodrigues

    ResponderEliminar
  6. Minha bebé tem 3 meses e 3 dias. Pesa 5kg200 e 58 comprimento e 39 perímetro cefalico. É grave?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia,

      O peso e comprimento devem ser sempre avaliados tendo em conta a evolução de cada criança, pelo que não lhe consigo dar nenhuma resposta exacta a essq eustão. No entanto, é mais preocupante quando os meninos descem dois percentis de uma consulta para a outra.
      Espero ter ajudado.
      Cumprimentos,

      Hugo Rodrigues

      Eliminar
    2. Ola Hugo tenho um menino q nasceu no ultimo dia das 36 semanas cm 2,750 e 45 cm... esta cm 5 anos e 18,800 e 1,14 de altura e na consulta de agosto tinha conseguido chegar ao percentil 50 agora nesta consulta de novembro ja dava 10 de percentil??? pode ajudar me por favor... ando toda baralhada cm esta questao.. Obrigada desde ja e adorei o seu blog

      Eliminar
  7. Boa noite!
    Tenho uma bebé de 3 meses e meio (nasceu dia 18/12/13) que somente faz leite materno. Ontem fui ao pediatra que me disse que a minha filha está a passar fome. Ela aumentou menos de peso, está mais sonolenta, e pede mais vezes mama. Fiquei chocada com a hipótese de estar a fazer a minha filha sofrer com fome. Comprei o leite que ele recomendou mas ela detesta. Eu não quero parar de dar o peito. É algo que faço com imenso prazer porque sei que lhe estou a dar o melhor. Ou pelo menos assim pensava. Ela nasceu com 3,625kg e 51cm. Com 7 semanas e 2 dias tinha 4,190kg e 58,4cm. Quatro semanas mais tarde, 4,645kg e 60cm. Ontem com 15 semanas pesava 4,960kg e media 62,7cm. É assim tão mau quanto o pediatra disse? Ajude-me, por favor nesta dúvida que me angustia. Ainda por cima, estou sozinha e o meu discernimento não é o melhor. Agora vejo fome em cada gesto que a minha filha faz e não paro de chorar.
    Obrigada pela atenção.

    Patrícia Oliveira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite,

      Realmente a evolução de peso da sua filhota não é das mais famosas. Parece-me sensato iniciar um leite adaptado, mas isso não quer dizer parar com o leite materno! Acho que deve dar sempre a ama primeiro e oferece-lhe o suplemento a seguir. Ela não vai mamar sempre o mesmo, mas pode ser o suficiente para a por a engordar um pouco melhor.
      Espero ter ajudado.
      Cumprimentos,

      Hugo Rodrigues

      Eliminar
    2. Boa noite Dr Hugo!

      Com o tempo a minha filhota aceitou a biberon e o leite adaptado. Em 5 dias engordou 250g e só estou a dar 60ml do leite artificial.
      Como realmente, não quero parar de dar o peito, fui falar com a enfermeira que lecionou as aulas de preparação para o parto.
      O problema é que a minha filha é muito distraída a mamar. Qualquer som, qualquer movimento, qualquer luz é suficiente para que largue a mama e fique a olhar curiosa.
      Enfim... É só tentar arranjar maneira de alterar essa situação.
      Muito obrigada pela sua resposta!
      Vi o post sobre o seu livro e sem dúvida que o vou comprar.
      Tudo de bom!!

      Patrícia Oliveira

      Eliminar
    3. Bom dia,

      Fico contente que esteja tudo a correr bem.
      Obrigado pelo comentário!
      Cumprimentos,

      Hugo Rodrigues

      Eliminar
  8. Boa tarde Dr Hugo,
    Tenho uma bebezinha de 4 meses nasceu com 3.645 kg e neste momento está com 5.696 kg e com 63,5 cm de comprimento.Neste momento alimenta-se com leite materno exclusivo.A questão é a seguinte nota-se que a evolução do peso em relação ao comprimento não é muita e como tal terei de introduzir novos alimentos.Vou começar pela papinha....mas o queria mesmo era continuar a amamentar exclusivo ate aos 6 meses.O médico acha que a carência de ferro no leite materno pode fazer com que a minha bebecas ganhe pouco peso.Gostava de ter uma segunda opinião sua obrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia,

      Não me parece errado introduzir outros alimentos. No entanto, penso que a questão do peso não terá propriamente a ver com o ferro, mas sim com algo que é normal acontecer nos bebés amamentados: uma desaceleração no ganho de peso a partir dos 3-4 meses. Se for assim, dentro de pouco tempo ela vai corrigir essa situação.
      Cumprimentos,

      Hugo Rodrigues

      Eliminar
  9. Bom dia,
    tenho uma menina com 2 meses e 12 dias, nasceu com 2820 de peso e 46 cm, atualmente está com 4 kg, foi pesada a uma semana, e 51 cm e meio, acha que está a evoluir bem? é só leite materno que bebe.
    obrigado

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia,

      Realmente a evolução não está a ser completamente a ideal, embora também não me pareça muito preocupante. De qualquer forma, acho que devia discutir essa evolução com o seu médico, pois pode fazer falta "apertar" um pouco as mamadas ou suplementá-las (com o seu próprio leite ou outro).
      Espero ter ajudado.
      Cumprimentos,

      Hugo Rodrigues

      Eliminar
  10. Boa noite Dr, desde já os meus parabéns pelo blog ainda estou a viajar nele e cada vez a gostar mais. Sou uma futura mamã e as 22semanas fiz uma eco em que foi diagnosticado os ossos longos curtos fêmur no percentil 10 e úmero percentil 5 mas com biometria fetal percentil 50 e pesava 490gr. Hoje fui fazer nova eco noutro sítio recomendada pelo médico e confirmou.se que o bebé é pequeno mas a biometria fetal passou para percentil 15 e peso de 1290kg. A doutora disse.me que lhe parecia um bebé normal porque não tem anomalias ou malformações só que é pequenino. Mas não deixo de estar em alarme, pode dar.me a sua opinião?
    Cumprimentos,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia,

      Obrigado pelo seu comentário.
      Se não tem mais nenhuma alteração, provavelmente será apenas um bebé pequeno. Qual é a vossa altura (mãe e pai)?
      Se ele estiver a crescer bem e não tiver nenhuma anomalia nas ecos não se preocupe, provavelmente não tem nenhum significado.
      Espero ter ajudado.
      Cumprimentos e felicidades,

      Hugo Rodrigues

      Eliminar
  11. Boa tarde dr.

    Temos uma bebe com 7 meses que é muito dificil para comer. Por ela duas colheres seja do que for seria suficiente. Insistimos para que coma e essa tarefa está a tornar-se um pesadelo para ela e para nós. Sempre esteve no percentil 25 até à consulta dos 6 meses. Nessa consulta, de acordo com a pesagem, ela desceu ligeiramente. É uma bebe muito energica e a pediatra dela diz que está muito bem, mas de fato a hora da refeição é uma tortura para nós. Gostaria de lhe perguntar se existe algum suplemento que possa ser dado a uma bebe desta idade com o objetivo de lhe aumentar o apetite.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia,

      Infelizmente não existe nada com esse objectivo que funcione muito bem. O que existe são suplementos hipercalóricos para os meninos que não engordam, mas não me parece ser o caso. Tente encontrar sabores que ela goste mais (trocar a batata por batata doce, por exemplo), para ver se vos facilita mais um bocado. De qualquer forma, às vezes isso não é tarefa fácil, mas não se pode desistir... :)
      Cumprimentos,

      Hugo Rodrigues

      Eliminar
  12. Boa tarde Dr Hugo, como està?
    O meu filhote nasceu com 3, 370kgs e agora està com 6 meses e 8 dias, 8,900 e 69 cms.
    Nasceu em França e cà , eles nao dizem grande coisa em relaçao ao seu desenvolvimento ou sequer se os percentis estao dentro do "normal".
    Ele começou a reeducaçao alimentar aos 4 meses e sempre gostou e se adaptou a tudo o que lhe dei , o que para mim foi optimo.
    O que gostaria de saber é se acha que ele està num peso dito normal, porque a verdade é que toda a gente diz que ele é "gordinho" mas os medicos tambem nao dizem nada.Tambem nao o deixo a passar fome!
    Muito obrigado
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite,

      Realmente é um bebé grande, mas isso não tem que ser mau...
      A única coisa que eu lhe sugeria era para não lhe dar papas e dar apenas leite, sopa (com pouca batata) e fruta. Muitas vezes o aspecto "gordinho" começa a perder-se por volta do ano de idade, portanto é esperar para ver. Mas não me parece que seja nada alarmante, não se preocupe.
      Cumprimentos,

      Hugo Rodrigues

      Eliminar
  13. Bom dia Dr. Hugo!
    Acompanho o seu blogue desde que fui mãe há 15 meses e sempre me foi muito útil no esclarecimento de diversas dúvidas e ansiedades que me foram surgindo durante este percurso.
    Hoje resolvi escrever-lhe pois fui ontem à consulta com o meu filho e saí de lá muito desanimada, preocupada e com sentimento de culpa. Passo a explicar.
    O meu filho nasceu no percentil 25 de peso e altura e 50 de PC. A amamentação foi uma luta pessoal para mim pois gretei muito, apanhei uma mastite, enfim, foi necessária muita perseverança para conseguir amamentar sem dor e durante esse período de adaptação minha à amamentação ele manteve-se nesses percentis tendo eu sido alvo de pressão familiar e do pessoal médico e de enfermagem para lhe dar leite artificial porque o menino estava "muito miudinho". Nunca dei pois sempre acreditei que iria conseguir amamentar sem dor e ao fim de 2 meses e meio o meu filho começou a engordar a olhos vistos tendo atingido o percentil 90 de peso, 75 de altura e 95 de PC aos 4 meses com o meu leite apenas.
    Aos 6 meses diversificámos a alimentação, processo que foi complicado no início mas com muita paciência e insistência ele passou a comer bem e manteve assim aqueles percentis até aos 12 meses.
    Desde essa altura que noto um decréscimo no apetite dele, sobretudo à hora de jantar que é a refeição que faz connosco (durante o dia está com os meus sogros e alimenta-se bem segundo eles). De há 2 meses para cá então, recusa-se a comer praticamente todas as noites e nós também não temos insistido muito pois partimos do pressuposto de que se não quer comer é porque não tem fome. Da papa de carne ou peixe come umas 3-4 colheres no máximo e depois come meio copo de fruta triturada e para comer isso estamos sempre no mínimo 30 minutos com ele.
    Inicialmente pensei que ele estivesse a rejeitar o jantar por estar a colocar alimentos não triturados (o que comecei a fazer a partir dos 12M), mas passando a comida toda o resultado é o mesmo e ontem na consulta confirmou-se a diminuição no desenvolvimento dele, tendo cruzado 2 percentis (passou do 90 de peso para o 50 e na altura manteve o 75 bem como no PC o 95). A pediatra foi impecável e explicou-me que devemos insistir mais com ele para comer e que se não quiser sólido para darmos tudo em papa e se não quiser a papa de carne para lhe dar outra coisa que ele goste (ele come muito bem o iogurte e papa de cereais). Daqui a um mês voltamos lá só para o pesar e ver se houve melhoria no desenvolvimento e em caso negativo faremos análises para despistar outros problemas. Sinto-me desanimada e culpada pelo que está a acontecer. Vejo agora que não devia ter facilitado quando ele se recusava a comer e ontem insisti para que comesse a sopa, o prato e a fruta (ele só comeu com agrado a última e o resto foi de empurrão). O meu filho chorou imenso e até se engasgou. O meu marido interveio para eu parar e o meu filho aproveitando-se da situação chorou ainda mais alto pois percebeu que estávamos em discórdia (o meu marido não tem a mínima paciência para o alimentar e desiste quase à primeira recusa) e eu morri um pouco por dentro por ver o meu filho assim pelo que não sei se estou a agir bem agora em forçá-lo a comer. Não posso continuar a deixá-lo praticamente sem jantar mas a solução é forçá-lo?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde,

      Este tipo de situações é sempre um pouco difícil de resolver, portanto vou tentar ser objectivo no que acho.
      Primeiro, não me parece que forçar seja a melhor opção. As refeições devem ser tranquilas e não um momento de guerra.
      Aliado a isto, temos uma coisa que se chama anorexia fisiológica do 2º ano (ver post sobre este assunto), que basicamente diz respeito ao menor apetite que a maior parte das crianças tem a partir dos 12 meses.
      Claro que cruzar 2 percentis é sempre um sinal de alerta para nós, pediatras, mas o facto de ser só no peso é mais tranquilizador. O que me parece é que é importante respeitar o intervalo correcto entre o lanche e o jantar, o que muitas vezes não acontece, porque as crianças vão "petiscando". Não será isso que acontece com o seu filho?
      Soou sincero, dar tudo passado ou trocar a comida por outras alternativas não me parece a melhor opção, porque a educação para as texturas e a oferta equilibrada de nutrientes devem também ser uma prioridade.
      Posto isto, tentava manter a rotina da refeição ao jantar e evitava que ele comesse o que quer que seja nas 3h que o antecedem, para ver como resulta. Se ele não comer bem não lhe deve dar outra alternativa, senão está a premiá-lo por comer mal...
      Espero ter ajudado.
      Cumprimentos,

      Hugo Rodrigues

      Eliminar
    2. Obrigada pela sua resposta Dr. Hugo.
      A anorexia fisiológica do segundo ano de vida foi a primeira coisa que me ocorreu, mas não explica a queda abrupta na taxa de crescimento que resultou no cruzamento dos 2 percentis, aliás, as curvas de percentil já têm em conta esse fenómeno e é por isso que o declive das mesmas diminui bastante a partir dos 12 meses, refletindo a evolução natural da criança e esta perda de apetite, certo?
      Já pedi aos meus sogros para lhe darem um lanche antes da sesta por volta das 14:00 e reduzirem ao lanche após a sesta que costuma ser grande e tardio (17:30-18:00). Dado que ele janta a seguir entre as 19:30-20:00 pode não ter fome suficiente de facto. Introduzindo essas duas alterações e mantendo tudo o resto, vamos ver se os resultados melhoram. Logo que tenha novidades volto aqui. :)

      Eliminar
    3. Tem razão, as curvas de percentis já espelham essa situação, mas o que eu acho é que no caso do seu filho provavelmente não será um único factor, mas uma conjugação de vários, nos quais acho que pode haver algum contributo da anorexia fisiológica.
      Parece-me bem essa correcção dos lanches, vamos ver se funciona! :)
      Cumprimentos

      Eliminar
    4. Olá Dr. Hugo!

      Fui ontem à consulta de Pediatria com o meu filho que está agora com 18M e ele está a recuperar francamente em termos de peso estando muito próximo da curva dos 75 (12,400kgs), equilibrando com o percentil 75 de peso.
      Até aos 12M não houve problema pois ele tinha apetite para os lanches fartos que a minha sogra lhe dava e para o jantar, mas após os 12M e devido à diminuição das necessidades calóricas deixou de ser necessário um lanche tão farto.
      Obviamente que ele continuava a devorar o lanche como até agora porque estava desde a hora de almoço sem comer com uma sesta de permeio, mas depois já não tinha estômago para o jantar e durante a noite o corpo na falta das calorias que deviam ter sido fornecidas ao jantar ia buscar às reservas acumuladas (ele era um autêntico budinha e perdeu todos os pneusitos).
      Com efeito concluí neste processo que o problema estava nos lanches que eram tardios e muito fartos como o Dr. tinha previsto e tendo diminuído nas quantidades dadas ao lanche ele imediatamente passou a jantar bem.

      Agradeço-lhe imenso a atenção e os conselhos que me deu neste processo que foi angustiante para mim, mas felizmente foi possível reverter o erro e não houveram danos para o meu filho.

      Obrigada do fundo do coração! Bem haja!

      Eliminar
    5. Boa noite,

      Fico muito contente que tenha conseguido dar a volta à situação!
      Cumprimentos

      Eliminar
  14. Adorei o esclarecimento! Estava preocupada por uma informação imprecisa e quem sabe precipitada que recebi na ultima consulta no posto de saúde.
    Parabéns pelo lindo trabalho. Deus abençoe imensamente.

    ResponderEliminar
  15. Boa noite,
    Sei que poderá ser difícil avaliar a situação do meu filho já que não o acompanhou desde que nasceu, mas gostaria de saber a sua opinião, já que se disponibiliza para esclarecer as dúvidas das mães e dos pais!
    O meu filho nasceu com 47cm e 2985g, uma estatura normal, apesar de ter sido acompanhada em consultas de risco de baixo peso desde as 32 semanas de gravidez.
    Amamentei-o exclusivamente até aos 6 meses e a partir daí introduzi os alimentos de uma forma usual (de acordo com o que tenho lido no seu blog e não só).
    Come bem todos os alimentos excepto a fruta: come maçã (muito bem), alguma banana e castanhas, embora lhe ofereça sempre outras frutas.
    Em relação ao seu comprimento: antes dos 6 meses esteve no percentil 10 mas desde então manteve-se no percentil 5, chegando mesmo a estar abaixo da curva.
    Tendo em conta que a baixa estatura predomina na minha família bem como na do pai, nunca dei muita importância ao facto de ele ser pequenino.
    Em relação ao peso: antes dos 6 meses esteve entre o p10 e o p25, mas depois disso foi baixando para o p5 (12 meses). Desde os 12 meses está abaixo do p5, mas estamos a falar de uma diferença de 400g em relação à curva.
    O que me preocupa é o facto de o pediatra que o segue querer acompanhar de perto o seu peso, tendo inclusivamente pedido para fazer análises ao sangue.
    Ele está neste momento, aos 17 meses, com 9200g e 75cm, e desde que começou a andar sozinho (aos 14 meses) só está quieto para comer e para dormir.
    Acha que a preocupação com o peso se justifica?
    Obrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia,

      Realmente é um pouco difícil dar-lhe uma opinião muito fundamentada sem conhecer a criança. De qualquer forma, com os dados que me deu, importante realçar o seguinte:
      - a evolução de peso e de comprimento deve ser harmoniosa ao longo do tempo, ou seja, mesmo que tenha descido um pouco abaixo do percentil 5 por volta dos 6 meses, o mais importante é que continue a evoluir dentro do esperado a partir daí
      - o facto de a família também não ser muito alta é protector e provavelmente justifica, por si só, o quadro
      - relativamente às análises, uma vez que desceu dois percentis (do 10 para <5), parece-me que se podem justificar, embora na maior parte das vezes não se encontre alteração nenhuma.
      Espero ter ajudado.
      Cumprimentos,

      Hugo Rodrigues

      Eliminar
  16. Boa tarde doutor, gostaria, por gentileza, da sua ajuda.
    Estou grávida de gémeos mono-mono e fiz uma US com 15 semanas cujos resultados seguem abaixo, "vasculhando" na Internet achei uma tabela de percentis e me assustou, pois leiga que sou, me pareceu que o DPB delas está baixo, o senhor consegue me auxiliar ou me tranquilizar? Só terei consulta com a obstetra daqui a 20 dias.

    Grata desde já.DPB - 2,3CM
    CA - 9,7
    CC - 10,6
    PESO - 124
    FEMUR - 17mm
    SEXO - Feminino

    DPB - 2,3CM
    CA - 8,7
    CC - 11,2
    PESO - 107
    FEMUR - 14mm
    SEXO - Feminino

    Grata desde já.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa. Oite,

      Gostava muito de a ajudar, mas não estou nada familiarizado com essas medidas, porque essa avaliação é feita por obstetras e não por nós, pediatras.
      Peço desculpa...
      Cumprimentos

      Eliminar
  17. Ola. Boa tarde. Minha filha nasceu com 4,380kgs e 55cm. Ela vai ser diferente das outras criancas? Ou a curva dela vai se igualar em um determinado periodo? Grata.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia,

      Depende de muitos factores, particularmente da alimentação, mas se tiver os cuidados normais, em princípio não terá problema.
      Cumprimentos

      Eliminar
  18. olá ,tenho uma bb com 2 meses e 9 dias, ela nasceu com4.220kg e 51 cm, e está com 5.100,ela está pegando pouco peso?estou dando mama,ela não está perdendo peso ,mas acho pouco k pelo que ela nasceu,a pediatra diz que está dentro do normal, pois a principio perdeu 10% do peso, crianças que nasceram junto com ela com 2 800 agora está com 4 850. tire minhas dúvidas

    ResponderEliminar
  19. olá ,tenho uma bb com 2 meses e 9 dias, ela nasceu com4.220kg e 51 cm, e está com 5.100,ela está pegando pouco peso?estou dando mama,ela não está perdendo peso ,mas acho pouco k pelo que ela nasceu,a pediatra diz que está dentro do normal, pois a principio perdeu 10% do peso, crianças que nasceram junto com ela com 2 800 agora está com 4 850. tire minhas dúvidas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia,

      Realmente a evolução não foi muito grande, mas o mais importante é ver se nas últimas semanas aumentou o que devia. Supostamente deve engordar mais ou menos 20g por dia, pode-se seguir por essa regra.
      Cumprimentos e felicidades

      Eliminar
  20. Boa noite. Antes de mais muitos valia por esta iniciativa. É sem dúvida uma mais valia para mãe de primeira viagem como eu.
    Tenho um bebé com 5 meses, nasceu com 3.160kg e 52 cm. Hoje pesa 8.700kg e mede 70.5cm. Toda a gente me diz que é um rapagão. Será exagerado? Amamentei até agora com inserção do suplemento desde os 3 meses. o Santiago apenas teve uma virose no fim semana passado, pois até entâo nunca tinha ficado doente. Será uma mais valia o seu desenvolvimento?
    Obrigada

    ResponderEliminar
  21. Boa noite. Antes de mais muitos valia por esta iniciativa. É sem dúvida uma mais valia para mãe de primeira viagem como eu.
    Tenho um bebé com 5 meses, nasceu com 3.160kg e 52 cm. Hoje pesa 8.700kg e mede 70.5cm. Toda a gente me diz que é um rapagão. Será exagerado? Amamentei até agora com inserção do suplemento desde os 3 meses. o Santiago apenas teve uma virose no fim semana passado, pois até entâo nunca tinha ficado doente. Será uma mais valia o seu desenvolvimento?
    Obrigada

    ResponderEliminar
  22. Boa noite. Antes de mais muitos valia por esta iniciativa. É sem dúvida uma mais valia para mãe de primeira viagem como eu.
    Tenho um bebé com 5 meses, nasceu com 3.160kg e 52 cm. Hoje pesa 8.700kg e mede 70.5cm. Toda a gente me diz que é um rapagão. Será exagerado? Amamentei até agora com inserção do suplemento desde os 3 meses. o Santiago apenas teve uma virose no fim semana passado, pois até entâo nunca tinha ficado doente. Será uma mais valia o seu desenvolvimento?
    Obrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia,

      É realmente um bebê grande, mas isso nao significa que seja exagerado. É preciso observar a curva de crescimento e perceber se é harmoniosa e, eventualmente, cortar um pouco ao aporte calórico e as proteínas agora que já come outros alimentos para além do leite.
      Quanto ao facto de nunca ter estado doente, acho muito bom e provavelmente tem a ver com a protecção dada pelo seu leite.
      Cumprimentos e felicidades

      Eliminar
  23. olá, tenho m bebé de 13m . quando tinha 9 meses tinha 72 cm e pesava 10.2k, agora com 13m pesa 14k e mede 76. será que o seu crescimento fica afetado divido ao pouco acrescimo adquirido nesses ultimos meses? obrigada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia,

      Como são só duas medidas não permite tirar nenhuma conclusão. De qualquer forma, mediria novamente por volta dos 15 meses para ver como está a evoluir, pois de momento não me parece nada de alarmante, mas é preciso perceber como vai evoluir a partir daqui.
      Cumprimentos

      Eliminar
  24. Bom Dia Dr. Hugo,
    Tenho um bebé com 5 meses, idade corrigida 4 meses, que nasceu prematuro de 35 semanas, com RCIU (peso 1.810kg e 41.5cm).
    Neste momento o bebe pesa cerca de 3700kg e mede 53cm, ou seja, está com peso e altura de um bebé de termo, dentro da media.
    Gostava de saber a sua opinião, pois o bebe aumenta de peso em media 13gr por dia e não as 20gr cm normal. E alimentado exclusivamente com leite materno.
    Aguardo a sua opinião, pois sendo um bebé prematuro, Tenho receio que não esteja a evoluir bem.
    Obrigada.
    Cumprimentos,
    Karina Costa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia,

      Se só está a evoluir 13g por dia e realmente pouco.
      Acho que era importante avaliá-lo bem e perceber se se consegue aumentar a quantidade de leite materno que bebe ou então introduzir outro leite como suplemento.
      Cumprimentos

      Eliminar
  25. Boa tarde Dr.
    Ando um pouco stressada em relação à amamentação, tenho a sensação que nao estou a produzir leite suficiente.
    O meu bebe nasceu com 2915kg e 46 cm, atualmente está com dois meses e meio e com 5100kg e 54cm. A enfermeira disse me que se encontra no percentil 20 e fiquei um bocado preocupada, tenho receio que o meu leite ja não o alimente o suficiente, não queria começar a fazer suplemento e precisava de alguns conselhos para continuar a produção de leite que tive até agora.

    Obrigada
    Filipa pereira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia,

      Para aumentar a produção de leite os três conselhos principais são: beber muita água, tentar que o bebê mame mais 1-2 vezes por dia para ir esvaziando as mamas e aumentar a produção e, eventualmente, aconselhava-a também a tomar um suplemento que contenha silamarina, que é uma alga que aumenta a produção de leite (há vários nas farmácias)
      Cumprimentos

      Eliminar
  26. Boa tarde Dr. Estou a morrer de preocupação com neu nenem ele nasceu com 50cm, 3550kg e pc de 36 e agora com 2 meses esta com 59cm, 6050kg e pc de 42 que esta mim deixabfo muito preocupada.

    ResponderEliminar
  27. Boa tarde Dr. Estou a morrer de preocupação com neu nenem ele nasceu com 50cm, 3550kg e pc de 36 e agora com 2 meses esta com 59cm, 6050kg e pc de 42 que esta mim deixabfo muito preocupada.

    ResponderEliminar
  28. Este blog é fantástico, os meu parabéns!
    O meu filho, que faz 2 anos na próxima semana é um saudável e delicioso "cabeçudinho". O gráfico de PC do livro dele, tem uma linha imaginária acima do 100. Quando isto foi detectado, uma pediatra pouco afável, usou as palavras piores para uns pais: "... sim, é claro que isto pode ser muito grave..." não foi fácil ouvir isto. Acabou por fazer uma ecografia transfontanelar e felizmente estava tudo bem.
    O Pediatra que o acompanha que é tem um descomplicometro para as mães (Dr. Pedro Araújo Jorge), explicou-me o que são os gráficos, para que servem e porque não se deve olhar para eles de forma alarmista.
    O importante é analisar os sinais do bebé e ele sempre foi um bebé muito esperto e com desenvolvimento dentro do normal e em alguns pontos até acima do normal. E a questão da regularidade, estabilidade são de extrema importância, a linha de PC do livro do meu filho é imaginária mas altamente regular.
    É importante que os Pediatras (profissão das mais nobres do mundo), tenham o cuidado de explicar aos pais quais são os sinais realmente importantes a ter em atenção.
    Obrigada por todas as partilhas que faz, são muito úteis.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia,

      Muito obrigado pelo seu comentário!
      Cumprimentos

      Eliminar
    2. Grata pelo seu comentário, realmente muitos profissionais de saúde não possuem a ética e psicoterapia profissional, ao invés de acalmar o paciente afligem ainda mais, tenho u bebê de 3meses na consulta o seu percentil atingiu os 43cm o Dr. Me assustou logo dizendo que a cabeça de minha bebê cresceu muito esse mês, saiu de 38 do mês anterior, meu marido sempre disse que sou cabeçuda todos estão dizendo que deve ser genético, pois minha filha apesar de magrinha e estar no percentil baixo pesando 4.300 e medindo 55cm ela é super activa e mamã bem, minha mãe sempre diz que eu também cresci muito pequena e magra e era obrigada a ouvir comentários desagradáveis sobre mim, e hoje com 27anos sou uma mulher baixinha com 1,57 de altura e 57kg que só aumentei esse peso porque engravidei, sempre pesei 48kg não saia deste peso

      Eliminar
  29. Bo tarde,

    O meu filhote nasceu em maio com 50,5 cm e 3.115 kg. Desde inicio tomou lm+ la pois sempre pegou mal na mama. Ate aos 4 meses tirava com bomba e dava-lhe, e fazia também biberões de suplemento. Agora tem 4 meses e meio e está a leite artificial. Ja iniciou papa 1x dia e sopa de legumes 1x dia. O problema é que desde os 2 meses que começou com alguma rejeição ao leite. Bebia 150 de 3h em 3h aos 2 meses, mas ao começar a rejeitar bebia apenas 60, 80 ou 100 por biberão, chegando apenas aos 120 com insistência. Aos 3,5 meses voltou a beber melhor, novamente 150 de 3 em 3 h, mas aos 4 meses apos iniciar a papa voltou a rejeitar o leite. Bebe novamente 80 a 100 por biberão, com insistência ou quando está p ai virado chega a 130 e dai não passa. Atualmente come sopa de legumes ao almoço e fruta, e papa ao jantar. E faz mais 4 refeições de leite, em que bebe entre 100 a 130 com insistência nossa em cada biberão. Faz um total de leite de 450 a 500 ml por dia mais ou menos, mais a sopa fruta que iniciou agora e a papa. Com 4,5 m pesa 6,150 kg. A pediatra diz q tenho q insistir para chegar aos 150/180 ml por biberão que tem q beber mais leite. Mas é impossível insistir mwus, chega a 120 ou130 e recusa terminantemente, faz uma bira imensa de ficar todo vermelho e quase sem fôlego se insisto muito. Não sei o que fazer, ja troquei leites, ja experimentei várias marcas de biberões, papa no leite, alivit gases no leite, mais frio maus quente, nada resulta. A pediatra so me diz q não pode ser. peço uma opinião sua pf. Obrigado. Desde já elogio o seu belo trabalho. Bem haja.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia,

      O mais importante é perceber como está a evoluir o peso, porque se a evolução estiver a ser boa não me parece que essas quantidades sejam um problema. Por vezes acontece isso quando os bebés experimentam a colher e, provavelmente, será apenas uma fase. Vá tentando insistir um pouco, mas sem forçar (para que o seu filho não crie nenhum tipo de "aversão" ao biberão), porque vai ver que com o tempo vai melhorar.
      Cumprimentos

      Eliminar
  30. Boa Noite Dr Hugo!
    A forma como escreve realmente é esclarecedora, no entanto ao ler este post deparei-me com uma dúvida! Se uma criança incluída no percentil 25, estatisticamente está incluída no grupo de crianças em que 25% destas tem o mesmo peso ou peso inferior, como classificar as que estão incluídas nos percentis superiores a 50?
    50% da amostra tem os mesmos pesos ou inferiores ao peso do percentil 50?
    E para os percentis que estão acima do 50?
    Desde já agradeço a sua atenção!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde,
      Sim, a lógica é sempre a mesma, o valor dompercentilmsignifica a percentagem de crianças que têm valor igual ou inferior, seja abaixo ou acima do percentil 50.
      Cumprimentos

      Eliminar
  31. Dr. Hugo, gostei tanto deste post que resolvi complementá-lo com minha visão. Veja por favor o que acha: http://bit.ly/1WhrQSG
    Um abraço,
    Lilian

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite,

      Gostei muito do texto, parabéns.
      Cumprimentos

      Eliminar
  32. Dr hugo.minha filha nasceu com 37,5semanas pesou 2.650.mediu 43cm e o pc 32.diante do surto de microcefalia voltei no pediatra que ja havia examinado ela e com um mes ela mediu pc36,5 mediu 50cm de comp e pesou 3,200.o medico falou que ela ta normal e que so o peso ta um pouco baixo ainda.sera que minha filha corre o risco de ter microcefalia e eu devo ou nao consultar outro medico pelo faTo do pc ter sido menor que 33?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite,

      Acho que deve aguardar para ver como evolui o perímetro cefálico e o desenvolvimento dela, sem alarmismos.
      Cumprimentos

      Eliminar
  33. Boa tarde o feto de 32 semanas com p3 e normal

    ResponderEliminar
  34. Boa tarde o feto de 32 semanas com p3 e normal

    ResponderEliminar
  35. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia,

      Sim, pode ser normal, mas é sempre importante ver como é que ele estava antes (se sempre foi percentil 3 ou só desceu recentemente).
      Cumprimentos

      Eliminar
    2. Boa tarde brigando Dr.Hugo Rodrigues eu tava preocupada mais agora estou calma bgd e Boa tarde

      Eliminar
    3. Boa tarde brigando Dr.Hugo Rodrigues eu tava preocupada mais agora estou calma bgd e Boa tarde

      Eliminar
  36. Boa tarde dr. Antes de mais muitos parabéns pelo seu trabalho. Realmente para quem é mãe pela primeira vez este blog ajuda muito. Estou a descobrilo aos poucos e estou a adorar. O seu trabalho e notável. Gostaria de tirar uma duvida que ate ainda não falei sobre ela nem com o pediatra nem com as enfermeiras mas no próximo mês irei falar. É o seguinte: o meu filhote nasceu com 41semanas e pesava 3790kg e media 52cm e pc 34. Aos 16dias pesava 4kg e media 52, 5cm e pc 37, 5. O pediatra até mediu 2x pois disse que normalmente devia ter aumentado mais mas que poderia ter sido mal medido no parto porque vinha con a cabecinha dele um bocadinho inchada devido a ventosa. Aos 23dias pesava 4300kg 53, 5cm e pc 39. Hoje tem 1mes e 8dias pesa 4900kg mas de altura apenas aumentou para os 54cm e o pc manteve os 39. Será que através dos dados que lhe dei me sabe dizer se tudo esta a ir bem? E que acho tao pouco 2cm em 1mes e8dias. Mas na verdade a enfermeira nem falou nada. Ate elogiou muito o aumento de peso dele visto ser leite materno, mas realmente isto da altura esta a assustar-me. Agradeço respostaba e mais uma vez muitos parabéns pelo seu ótimtrabalho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia,

      Pelas medições que me indicou desceu um pouco o percentil do comprimento, mas como a primeira medida foi feita por outra pessoa e com uma régua diferente penso que pode ser daí.
      Para já não me parece que haja nenhum motivo de preocupação.
      Cumprimentos

      Eliminar
  37. Ola boa noite doutor...minha filhota nasceu no dia 15 de nov d 2015 com 37 semanas com 2860kgs 43.5cm e pc 34...ela agora esta com 2meses e 3semanas e com 4535kg 52cm e pc 38.5...o.medico diz k esta a evoluir bem mas que e muito pequena para o tempo que tem...falou em déficit de crescimento...ela so esta a beber leite materno e 6vezes ao dia...sera que ela nao vai crescer o normal? Ja qd nasceu no hospital pegaram com o tamanho dela...Bjinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde,

      Realmente ela é uma bebé pequena, mas como está a crescer o que deve acho que deve ir vigiando apenas, pelo menos para já. Muitas vezes demora um pouco mas os meninos aceleram ao fim de alguns meses.
      Cumprimentos

      Eliminar
  38. Boa noite doutor a minha menina nasceu no dia 18/1/2016 com 3155kg e 46.5cm, foi pesada a primeira vez a seguir a sair da maternidade com 17 dias e pesava 2950kg e media 47.4cm. Hoje com 2 meses e 5 dias pesa 4020kg e mede 53cm. Fiz a media de aumento de peso semanal desde os 17 dias, uma vez que apanharam os primeiros dias em que os bebes perdem peso e pelas minhas contas esta a aumentar uma media de 150gr por semana. Qual a sua opinião para a evolução da minha filhota.
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia,

      O ideal é aumentar cerca de 20g/dia, pelo que esse aumento não me parece mal.
      Cumprimentos

      Eliminar
  39. Boa noite doutor a minha menina nasceu no dia 18/1/2016 com 3155kg e 46.5cm, foi pesada a primeira vez a seguir a sair da maternidade com 17 dias e pesava 2950kg e media 47.4cm. Hoje com 2 meses e 5 dias pesa 4020kg e mede 53cm. Fiz a media de aumento de peso semanal desde os 17 dias, uma vez que apanharam os primeiros dias em que os bebes perdem peso e pelas minhas contas esta a aumentar uma media de 150gr por semana. Qual a sua opinião para a evolução da minha filhota.
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde,

      O que é esperado é mesmo cerca de 150g por semana, pelo que me parece bem.
      Cumprimentos

      Eliminar
    2. Boa tarde Dr. antes de mais muito obrigado pela resposta. A minha menina esta agora com 3 meses e 4580kg, está a ser amamentada lm em exclusivo, aumentou 560g em 26 dias a ultima pesagem tinha sido a 23-3-2016. No centro de saúde disseram-me para manter o lm em exclusivo, mas que provavelmente na consulta dos 4 meses teria de ser introduzido la e eu queria muito amamentar lm em exclusivo até aos 6 meses. A minha duvida é qual o peso que a minha menina deve aumentar entre os 3 e os 4 meses para manter o lm em exclusivo.
      Cumprimentos,

      Eliminar
    3. Boa tarde,

      Geralmente o ideal é aumentar cerca de 20g/dia, pelo que diria que cerca de 600g num mês é um valor aceitável.
      Cumprimentos

      Eliminar
  40. Boa tarde Dr. A minha bebé nasceu dia 15 de Dezembro de 2015 com 3290 e 48 cm. Agora com 15 semanas pesa 5670 e mede 59 cm. Acho pouco. Estou a dar LA. Qual a sa opinião? Obrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde,

      Teria que ver a curva de evolução do peso, mas parece-me bem.
      Cumprimentos

      Eliminar
  41. Boa tarde Dr. A minha bebé nasceu dia 15 de Dezembro de 2015 com 3290 e 48 cm. Agora com 15 semanas pesa 5670 e mede 59 cm. Acho pouco. Estou a dar LA. Qual a sa opinião? Obrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde,

      Teria que ver a curva de evolução do peso, mas parece-me bem.
      Cumprimentos

      Eliminar
  42. Boa tarde, Dr! Com 32 semanas + 1 dia meu bebê apresentou conforme laudo da ultrassonografia 'ossos longos abaixo do percentil 5 (apenas fêmur e ûmero)', está no percentil 24 e pesa 1790, apresentando as outras medidas normais. O médico disse que ele é gordinho porém pequeno, mas fiquei alarmada com questões como nanismo, trissomias e etc. Na semana 28 encontrava-se no percentil 34 e com todas a medidas dentro da normalidade. Qual a sua opnião?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite,

      As medidas das ecografias são apenas uma estimativa, pelo que para já a única coisa que eu faria era repeti-la ao fim de algum tempo, para ver se se confirmam esses valores.
      Cumprimentos

      Eliminar
  43. Muito obrigada, Dr! Após realização de novos exames constatamos que o desenvolvimento está normal, apenas crescendo no seu ritmo. Parabéns pela iniciativa do blog e pela atenção em todas as respostas! Abraços!

    ResponderEliminar
  44. Bom dia Sr. Doutor.
    Fiz eco às 30+6 e todas as medidas parecem estar dentro do normal, excepto o dbp que tem valor de 72.4mm. Já às 18+6 estava baixo, com 40 mm. O medico na conclusão só referiu s placenta prévia marginal, sem nenhum comentário em relação a isto. O que pode significar? Obrigada pela atenção.

    ResponderEliminar
  45. Bom dia Sr. Doutor.
    Fiz eco às 30+6 e todas as medidas parecem estar dentro do normal, excepto o dbp que tem valor de 72.4mm. Já às 18+6 estava baixo, com 40 mm. O medico na conclusão só referiu s placenta prévia marginal, sem nenhum comentário em relação a isto. O que pode significar? Obrigada pela atenção.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite,

      Peço desculpa, mas não consigo ajudar porque não sei qual o valor normal para essas semanas gestacionais e, acima de tudo, a que percentil corresponde. O ideal seria falar com o seu obstetra para ele poder ajudar um pouco mais.
      Cumprimentos

      Eliminar
  46. Boa tarde, parabéns pelo blog
    Meu bebê tem vai fazer 5 meses
    Ele nasceu dia 3/2/2016
    Com 4 kls 205 gramas
    52 centímetros
    38 de cabeça
    Na última consulta 13 desse mês
    Estava com 8,650 gramas 68 centímetros e 45 de cabeça o pediatra achou a cabeça um pouco grande, gostaria de saber sua opinião..

    ResponderEliminar
  47. Boa tarde, parabéns pelo blog
    Meu bebê tem vai fazer 5 meses
    Ele nasceu dia 3/2/2016
    Com 4 kls 205 gramas
    52 centímetros
    38 de cabeça
    Na última consulta 13 desse mês
    Estava com 8,650 gramas 68 centímetros e 45 de cabeça o pediatra achou a cabeça um pouco grande, gostaria de saber sua opinião..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia,

      Realmente a cabecinha é um pouco grande, mas ele também é grande por ele. Se a evolução do perímetro cefálico estiver a ser sempre dentro do mesmo percentil e o desenvolvimento dele estiver normal, não me parece alarmante, manteria apenas a vigilância.
      Cumprimentos

      Eliminar
  48. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  49. Olá,

    Em primeiro lugar gostaria de dar os parabéns pelo blog, muito interessante.
    Sou mãe de primeira viagem de uma menina e no outro dia tive curiosidade de ver os percentis no próprio site da OMS, e qual não é o meu espanto e o gráfico do peso de 0 a 2 anos é diferente do que aparece no boletim de saúde infantil e juvenil. A título de exemplo, no site da OMS, para o percentil 50, para um bebé de 3 meses, é indicado um peso de 5,8 kg e no boletim, para a mesma idade e o mesmo percentil é indicado 6,3 kg. O meu boletim é recente, é a edição de 2015 (modelo 1396). Não era suposto serem muito parecidos? Porque, sinceramente, se é um erro, acho que alguém deveria alertar os responsáveis pela edição destes boletins.

    Joana

    A informação da OMS pode ser encontrada aqui:
    http://www.who.int/childgrowth/standards/chts_wfa_girls_p/en/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde,

      Muito obrigado pelo seu comentário. Confesso que não me tinha apercebido, mas vou dar uma vista de olhos e, se for caso disso, vou contactar a Direcção Geral de Saúde.
      Cumprimentos

      Eliminar
  50. Boa noite,

    Depois se chegar a contactar a direção geral de saúde, mantém-me informada?

    Cumprimentos,

    Joana

    ResponderEliminar
  51. Olá... gostaria de esclarecer uma situação que me está a preocupar imenso , o peso do meu bebe .
    Nasceu com 3540kg e com 49cm e agora com 3meses pesa 5240 e 58,5 é um bebe bastante ativo mas acho não engordar muito estou muito preocupada . É um menino por favor diga m se está bem ou não??? Obrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde,

      Realmente a evolução não está a ser a melhor, porque desceu um pouco o percentil de peso. É importante perceber se está a mamar o que deve.
      Cumprimentos

      Eliminar
  52. Boa noite
    Minha bebe nasceu de 39 semanas mas por um problema de placenta a bebe nao se desenvolvel o nescesario e nasceu com 2.300 kg 45 cm e 31 pc .....agora depois de 15 dias de nascida o pc esta com 33 .....gostaria de saber se esta dentro da normalidade

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde,

      É um valor baixo, mas 15 dias é muito pouco tempo para avaliar a evolução. Tem que se ver ao longo do tempo como evolui.
      Cumprimentos

      Eliminar
  53. Neste momento ele está com 4 meses e pesa 6kg e 62 cm acha que melhorou o peso !?? Obrigada dr pela ajuda

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia,

      Se essa evolução foi só num mês já me parece melhor.
      Cumprimentos

      Eliminar
  54. Dr Hugo parabéns pelo blog e por tirar nossas dúvidas.
    Dr Hugo minha bebê nasceu com 39 semanas pesando 3340 medindo 49 cm e PC de 34cm.
    Hj ela está com 4 meses e 13 dias e esta pesando 6.150kg meedindo 60 cm e com um PC 38 estou preoculpada me de uma luz

    ResponderEliminar
  55. Boa noite dr. A minha filha nasceu com 2.590kg e 46 cm e come pouco. Tem agora 5 meses e pesa 5.480kg a minha dúvida é se ela esta tudo bem

    ResponderEliminar
  56. Ola boa noite dr. A minha filha nasceu com 2.590kg e 46cm e ela come pouco neste momento esta com 5 meses 5 e pesa 5.480kg. O dr acha que esta bem??

    ResponderEliminar
  57. Ola boa noite dr. A minha filha nasceu com 2.590kg e 46cm e ela come pouco neste momento esta com 5 meses 5 e pesa 5.480kg. O dr acha que esta bem??

    ResponderEliminar
  58. Boa noite dr. A minha filha nasceu com 2.590kg e 46 cm e come pouco. Tem agora 5 meses e pesa 5.480kg a minha dúvida é se ela esta tudo bem

    ResponderEliminar
  59. Ola boa noite dr. A minha filha nasceu com 2.590kg e 46cm e ela come pouco neste momento esta com 5 meses e pesa 5.480kg e tem 61cm vc acha que esta bem?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia,

      Tem que se ver a evolução ao longo destes 5 meses, mas os valores estão um pouco baixos.
      Cumprimentos

      Eliminar
  60. Boa noite Dr!
    Meu nome é Caroline , tenho uma filha com hidrocefalia ela nasceu com 2,865 ficou no hospital quase 3 meses e fez 4 cirurgias, já teve duas paradas cardíacas e ficou entubada 3 semanas sem comer nada.
    Hoje com 3 meses e 20 dias ela pesa 4,400 é muito preocupante?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite,

      Dado todo o contexto não me parece muito preocupante o peso em si, embora seja muito baixo.
      Cumprimentos

      Eliminar
  61. Boa tarde Dr Hugo,
    Minha filha nasceu com 36 semanas pesando 3.445kg e 49,5 cm, saiu da maternidade com 3.265kg. Hoje ela está com 2 meses e meio pesando 6.995kg e com 59,5 cm. Minha preocupação é que ficam me falando que ela está muito gordinha, que devo diminuir as manadas (ela só mama no peito), já chegaram até a falar pra eu tomar cuidado pra ela não se tornar obesa. Fico muito nervosa com isso e acho um absurdo diminuir mamada, sou a favor da livre demanda.
    Gostaria de saber sua opinião.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite,

      Se está só com leite materno deve manter a livre demanda.
      Cumprimentos

      Eliminar
  62. Bom dia doutor tenho uma bebé de 9 meses que faz 3 refeições sólidos dia e restantes lm em ld. Come 2 conchas sopa com carne/peixe e 1/2 peças fruta cozida sobremesa. Papa ao lanche. Petisca pão e bolacha Maria. No entanto estão a fazer pressão para inserir suplemento porque não engorda quase nada e cruzou o percentil.começou no 50 e neste momento está abaixo do 3. Já fizeram análises urina e está tudo bem. É uma bebé muito ativa e bem disposta, faz Coco normal 1/2 vezes por dia. Estou muito dividida, não queria faze-la passar por mais exames porque acho que ela está ótima mas também não quero ser uma mãe negligente. Quando um bebé é gordinho está sempre tudo bem mas quando é magro a culpa é sempre do leite. Será que devo procurar outro profissional? Alterar a dieta? A sopa tem 4 legumes e carne ou peixe, inserir feijão e arroz na sopa por exemplo? Obrigada desde já

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia,

      Apesar de poder estar tudo bem, como cruzou de forma significativa os percentis, acho que faria algum sentido fazer umas analises para tentar perceber se se consegue encontrar a causa, mais até do que estar a trocar o lm.
      Cumprimentos

      Eliminar
  63. Olá boa noite dr., tenho uma bebé que nasceu com 3,195kg e 50cm neste momento tem 3 meses e 9 dias, pesa 7,100kg e está a medir 78cm. Todos ficam espantados com o tamanho e pensam que ela tem 1 ano ou por aí. Já quase se senta e tem muita força no pescoço. Toma leite de farmacia, más como sempre foi muito glutona comecei com a papa... Não me deixava dormir nem de dia nem de noite a cada 1h30/2h sempre a pedir o leitinho...agora dorme de noite 6h seguidas e de dia faz umas sestas não muito longas, mas sempre descansa um bocadinho. Eu meço 1,72m e o pai 1,90. Estará a bebé a crescer de forma normal? Obrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia,

      Penso que sim, desde que vá acompanhando sempre a sua cursinho de percentil.
      Cumprimentos

      Eliminar
  64. Boa tarde Dotor. Tenho um rapaz de 24 meses que tem andado sempre entre os percentis 25/50. Na consulta dos 21 meses pesava 11,400kg e media 82cm. Em inícios de Abril teve quase 2 semanas com diarreia e reparei que ficou mais magrinho. Depois desse episódio começou a espaçar ainda mais os cocós e agora são normais(sofria de obstipação e as fezes eram muito duras). Fiquei muito preocupada agora na consulta dos 24 meses pois a pediatra dele verificou que ele estava exatamente com o mesmo peso da última consulta(11,400) mas que tinha subido no percentil da altura (cresceu 4cm em 3 mesese está agora com 86cm). Vou reforçar o número de refeições para 6 (ele fazia 5 e às vezes 4 quando saltava um dos lanches). Além disso anda aflito com os molares a romper e só às vezes come uma refeição até aofim, exceptuando a sopa que adoooora! O que lhe parece Doutor?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia,

      Como está a crescer bem não me parece alarmante. Penso que faz sentido tentar aumentar mais uma refeição por dia e de resto não faria nada diferente.
      Cumprimentos

      Eliminar