O meu filho não toma xaropes - o que posso fazer?

Infelizmente não existe nenhuma resposta muito certa para esta questão, mas há alguns conselhos que podem ser discutidos.
O pior que se pode fazer quando uma criança não toma a medicação é tentar dar uma grande quantidade de uma só vez, porque de certeza que vai cuspir grande parte. Assim, é sempre boa opção tentar dar o xarope aos bocadinhos e, para isso, é mais fácil utilizar uma seringa do que uma colher.
Outra opção errada (e talvez a mais frequente) é forçar e aproveitar quando a criança chora para colocar o xarope dentro da boca. Para além de isto aumentar as guerras, corre ainda o risco de fazer com que o líquido entre para os pulmões, o que pode ter algumas consequência para a saúde, pelo que é uma atitude claramente a evitar.
Por vezes consegue-se algum benefício quando se mistura o xarope com algum alimento, mas na maioria dos casos isso só serve para a criança rejeitar essa comida. Parece-me mais eficaz tentar dar alguma coisa de que a criança goste imediatamente a seguir à medicação ou então utilizar a chupeta para ver se ela não cospe, porque pode ser que fique mais "lá dentro".
Outra coisa que deve ter cuidado é não dar imediatamente antes do xarope nenhuma comida de que a criança goste particularmente, porque aí o sabor que estava na boca vai ser distorcido e o seu filho vai cuspir tudo com toda a certeza.
Por fim, o ideal mesmo é tentar "negociar" e premiar sempre que as coisas correrem bem, porque este tipo de educação pela positiva (em vez de castigar quando faz mal) tem geralmente melhores resultados. No entanto, é preciso reforçar a ideia de que há algumas crianças muito difíceis para tomar qualquer tipo de medicação e isso é um problema para o qual não há grande solução até elas crescerem...

Comentários