Os bebés podem comer boiões de fruta?

Podem, mas não devem por rotina.
Vou passar a explicar o meu ponto de vista... Hoje em dia é muito frequente o uso de boiões de fruta, porque "é mais prático" ou então porque "os bebés comem melhor". No entanto, há alguns aspectos que me parecem importantes de esclarecer.
O primeiro é o de que a fruta natural é muito mais saudável e é, sem dúvida alguma, a sobremesa ideal para uma alimentação saudável.
Em segundo lugar, parece-me claramente enganoso dizer que esses boiões não têm corantes nem conservantes. Alguém me explica como é que a fruta se conserva esmagada num frasco durante meses sem se adicionar nenhuma substância para a conservar? (é o que vem nos ingredientes descrito como "acidificante")
Em terceiro, gostava de ressalvar que o paladar deve ser educado desde o nascimento e estas frutas processadas têm sempre um sabor pouco diferenciado. Se os bebés se habituam só a comer esses boiões, vão estranhar o sabor de frutas diferentes, como seria de esperar, o que complica bastante a vida aos pais passados uns meses.
Em quarto lugar, é importante não esquecer que também o factor económico me parece relevante, porque apesar de a fruta não ser barata, os boiões são muito mais caros.
Por fim, e aproveitando o facto de estar muito "na moda", também em termos ecológicos é preferível dar fruta às crianças, pois não tem envólucros de plástico ou vidro e tampas metalizadas que têm depois que ser reciclados.
Posto isto, é fácil perceber a minha resposta pronta à pergunta que coloquei. Claro que não sou fundamentalista e reconheço que para uma viagem ou um piquenique é muitas vezes mais prático levar um desses boiões. No entanto, se levar um recipiente pequeno com uma maçã cozida passada ou uma banana e um garfo para a poder esmagar acaba por ser prático na mesma e pode usifruir de fruta natural, que é sempre a melhor opção.

P.S.: Como é lógico, a minha opinião sobre os boiões de sopa e comida é a mesma e não vejo grande utilidade neles.

Comentários