Translate

Etiquetas

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Para quem não viu a minha participação nas "Queridas Manhãs" no dia 25

Como habitual, aqui fica o link para poderem ver a minha participação no programa "Queridas Manhãs" da passada terça-feira (dia 25):


Espero que gostem!

2 comentários:

  1. Boa noite Dr. Hugo. Mais uma vez, parabéns pelo seu trabalho. Tenho andado a "matutar" numa questão e gostaria de saber a sua opinião se possível.
    A minhafez agora 1 ano, como tal já pude comer de tudo. Confesso que só agora ela faz as refeições connosco a mesa. Acontece que ela só come se for com as mãos dela. Não me deixa dar a comida c a colher na boca dela, tem que ir lá com as mãos dela. Eu tenho deixado e até corto a comida em pedaços bons para ela pegar com a mao, porque apesar da sujeira e de demorar imenso tempo lá vai comendo. Dou lhe sempre a sopa no fim de comer o "2º prato" porque se lhe der 1º ja não come o 2º prato. E a sopa apesar de tentar lá ir com a mão, até vai deixando ser eu a dar lhe com a colher ( as vezes preciso cantar para distraí-la). Confesso que não lhe dou a colher para a mão porque assim ela mais brinca do que come e nem sabe mto bem o que fazer com a colher (e com a mão lá vai comendo). Não sei se estou a agir correctamente. Se devia forçar para lhe dar a comida com a colher na boca. Não sei se ela com 1 ano já deveria comer segurando a colher. As vezes acabo por eu própria lhe colocar a comida na boca com a mão...
    O que pode me aconselhar fazer para não estar nesta constante dúvida se estou a agir bem ou não, una vez que, é tão importante os hábitos alimentares que as crianças adquirem desde cedo.
    Peço desculpa pelo testamento e agradeço desde já uma palavra sua sobre esta questão.
    Cumpts
    Carolina Crespo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite,

      Acho que está a fazer muito bem ao deixá-la experimentar, até porque acaba por ir treinando as texturas.
      Quanto a colher, geralmente eles só começam a adquirir autonomia no seu uso por volta dos 18 meses, portanto ainda é um pouco cedo...
      Cumprimentos

      Eliminar