Translate

Etiquetas

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Pneumonias e bronquiolites - "Queridas Manhãs"

Hoje de manhã estive no programa "Queridas Manhãs" da SIC e o tema foi "Pneumonias e bronquiolites".
Para quem não viu, aqui fica o link para o vídeo:

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

"Pediatria para todos" na SIC - última segunda do mês

A partir deste mês, a minha colaboração no programa "Queridas Manhãs" da SIC passa a ser na última segunda-feira de cada mês (em vez da última terça), sempre na segunda parte, entre as 11:00 e as 12:00.
Assim, na próxima segunda (dia 23) lá estarei e desta vez vamos falar sobre "Pneumonias e bronquiolites". Não perca!

Depois das vacinas deve-se massajar o local com gelo?

Em princípio não.
Apesar de esta ser uma prática muito frequente, hoje em dia é bastante discutível e até desaconselhada. A questão é que o propósito das vacinas é criar uma inflamação local, de forma a estimular o organismo a produzir anticorpos e, assim, ficar protegido contra essa doença.
Uma vez que o frio é claramente um anti-inflamatório, se aplicarmos gelo no local de administração de uma vacina estamos a contrariar um pouco a resposta natural e esperada do organismo. Na esmagadora maioria dos casos isso não tem grandes implicações, mas podemos estar a diminuir um pouco a eficácia da vacina, pelo que o ideal é mesmo não massajar com gelo.
O local pode ficar um pouco mais vermelho e quente, mas não se preocupe que vai resolver na mesma.

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Novo mito - Deitar-se com a barriga cheia pode "parar" a digestão?

Não!
Este é um mito que se ouve muitas vezes, mas que não tem qualquer fundamento. O que acontece frequentemente e que se nós nos deitarmos depois de termos comido muito podemos ficar mais indispostos, porque a pressão de estar,os deitados sobre o nosso estomago cheio pode ser desagradável. Pode inclusivamente dificultar o adormecer, mas não passa disso. Aliás, se fosse assim, os bebês não podiam deitar-se depois de mamar, o que seria um perfeito disparate, principalmente nos primeiros tempos de vida em que eles comem, dormem e pouco mais...
Assim, queria apenas reforçar a ideia de que não precisa de ficar a "fazer tempo" no sofá depois de jantar, só porque comeu demais. De qualquer forma, também fica aqui um conselho: se vir que vai jantar mais tarde (mais próximo da hora de dormir), tente reduzir um pouco a quantidade do que vai comer, de forma a não ser desconfortável ficar com o estômago cheio na cama. No entanto, pode deitar-se a vontade, que não lhe vai acontecer nada de mal. 

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

É verdade que os gorros causam otites aos bebés pequenos?

Não!
Este é mais um dos mitos que se vai ouvindo de forma repetida, mas que não tem nenhum fundamento.
A maior parte das otites tem origem nos microorganismos que existem no nariz e que chegam ao ouvido através de um "tubinho" que existe naturalmente, a Trompa de Eustáquio. 
Sempre que há uma inflamação a nível do nariz (constipação, por exemplo), esse "tubinho" pode fechar-se, o que aumenta a probabilidade de surgir uma otite. Assm, é fácil compreender que a utilização de gorros em bebés ou crianças nada interfere com este processo, pelo que podem ser utilizados sem nenhum tipo de problema.
Esqueça as preocupações com o calor que o gorro provoca nos ouvidos ou outras questões do mesmo género, porque não será por isso, seguramente, que o seu filho vai desenvolver uma otite. Pode ficar descansado/a...