Translate

Etiquetas

terça-feira, 14 de julho de 2015

O que fazer quando os filhos começam a crescer e a querer afastar-se dos pais?

A resposta, apesar de difícil, é mesmo respeitar...
Com o crescimento, há várias fases pelas quais as crianças passam e que é importante conhecer.
Até aos 3 anos é a "lua de mel", em que os filhos estão relativamente bem controlados e não questionam muito.
Entre os 3 e os 5-6 anos vem a primeira fase terrível, em que os filhos começam a questionar tudo e a "esticar sempre a corda". Esta altura é difícil de gerir, até porque eles são falsamente autónomos e querem fazer tudo sozinhos. Há que ter paciência, manter o equilíbrio entre rigidez e cedência e aceitar que aqui as guerras vão ser bastantes...
Entre os 6 e os 9 anos vem um novo período de acalmia, em que os filhos admiram muito os pais e não se importam com as manifestações de carinho, mesmo que sejam públicas.
A partir daqui vem o "descalabro", pois as crianças/adolescentes passam a fazer questão de se afastar dos pais, principalmente se for em público. Nestas idades, beijos em frente aos amigos, passear de mão dada ou então dar um abraço começa a ser algo proibido. Aqui é importante dar espaço e perceber que os adolescentes têm direito à sua autonomia e há que respeitar isso. Não vale a pena forçar, porque isso não vai mudar e só vai agravar os conflitos. É importante também perceber que até aos 15-16 anos há alguma tendência a que isso se "agrave" e só depois é que as coisas vão acalmar. É a evolução normal e só temos que saber dar tempo, porque neste caso o tempo joga a favor...

Sem comentários:

Enviar um comentário