O que fazer quando uma criança se porta "pior" com um dos elementos do casal do que com o outro?

Isso é perfeitamente normal, porque os pais também não reagem de maneira igual nas situações do dia-a-dia e isso vai fazer, inevitavelmente, com que as crianças percebam essas diferenças e tentar usá-las em proveito próprio.
O mais importante é os pais não se desautorizarem um ao outro em frente aos filhos. As crianças precisam de segurança e a consistência entre os pais é fundamental. Claro que nem sempre os pais concordam com as decisões um do outro e acho que devem falar sobre isso, mas sempre sem os filhos presentes, para não perceberem a discórdia. Essa é uma regra de ouro! 
Depois, também acho que pai e mãe devem mesmo tentar ouvir o que o outro tem a dizer sobre a forma como gerem os conflitos, o que nem sempre é fácil. 
De qualquer forma, penso que o mais importante é mesmo reforçar que não é por fazer mais birras com um do que com outro que a criança gosta mais ou menos do pai ou da mãe. É fundamental não esquecer isso, o que nem sempre é fácil, particularmente no "calor" da discussão...

Comentários

  1. Gosto muito dos seus conselhos!
    Tendo eu uma filha com 5 anos e um bebé de 3 meses e meio não só a sua presença no 'queridas manhãs' me ajuda como o seu blog é uma mais valia!
    Muito obrigado!
    Ana Silva

    ResponderEliminar

Enviar um comentário