Translate

Etiquetas

sábado, 13 de agosto de 2016

Repelentes de mosquitos - como escolher?

Nesta altura do ano as melgas e mosquitos são extremamente comuns e é muito frequente ver crianças com picadas destes insectos. Muitas delas fazem reacções na pele, por vezes exuberantes (ver post sobre esse assunto aqui), pelo que convém perceber de que forma é que se consegue prevenir que isso aconteça.
Há, actualmente, várias opções de repelentes no mercado, pelo que deixo uma breve análise a cada uma delas:

  • Repelentes ultrassónicos - São eléctricos (de ligar à "tomada" ou a pilhas) e têm a grande vantagem de não utilizar produtos químicos para afastar os mosquitos. São os mais indicados para bebés pequenos, mas podem também ser utilizados para crianças maiores. A sua eficácia é um pouco variável, mas pode ser optimizada pela colocação correcta do dispositivo. Como funciona por ultrassons deve estar sempre colocado num local onde não existam barreiras físicas (mesinha de cabeceira, móveis, ...), porque os ultrassons propagam-se pelo ar e, se houver um obstáculo, perdem o seu efeito. Este aspecto é muito importante, porque condiciona completamente a sua eficácia.
  • Repelentes eléctricos químicos - São, provavelmente, os mais eficazes. Apesar de não haver grandes estudos pediátricos relativamente à sua utilização, são seguros e podem ser usados. A melhor forma de o fazer é ligá-los no quarto quando se chega a casa e desligar quando se vai dormir. Outra opção é deixá-los sempre ligados nas zonas comuns de acesso aos quartos, para impedir a entrada de mosquitos (atenção às janelas abertas dos quartos, que "boicotam" esta opção).
  • Pulseiras anti-mosquitos - São uma opção segura, embora tenha que ser respeitada a idade estabelecida pelo fabricante. A sua eficácia é relativamente boa e têm a vantagem de poder servir de "adorno" para os meninos mais vaidosos. Funcionam até a criança ir para a cama e, depois, podem ser colocadas na própria cama, para continuar a fazer efeito.
  • Repelentes de aplicação na pele - São uma boa opção quando a criança vai para espaços exteriores e há alguns que podem ser utilizadas desde os primeiros meses de vida, o que é uma vantagem. Quando a criança estiver a dormir são menos eficazes, porque a criança tapa-se e vão perdendo o seu efeito com o contacto com a roupa.

12 comentários:

  1. Eu uso sempre o repelente elétrico químico ligado durante a noite. Desconheço contra-indicações e o meu filho nunca foi picado.

    ResponderEliminar
  2. Boa tarde Dr. Hugo, passa-se o seguinte o meu filho de 5 meses foi mordido pelos mosquitos na passada quarta-feira. fui à farmácia e comprei um repelente para aplicação de pele, um repelente ultrassónico e uma pomada para aplicar nas borbulhas. contudo verifiquei que as borbulhas ganharam uma especie de caroço parcido com varicela e algumas até ganharam fida. Fui ao pediatra e disse-me para continuar a aplicar a pomada que passava com o tempo. Estou preocupada, pois ainda tem esses caroços o que me aconselha a fazer?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite,

      Por vezes esses "caroços" demoram um bocado a passar. Se não agravar não é preciso fazer mais nada, é mesmo aguardar.
      Cumprimentos

      Eliminar
  3. Boa tarde o meu irmão com 17 meses por vezes a picada do mosquito fica negro tipo uma pisadura. è normal'

    ResponderEliminar
  4. Boa tarde dr. Hugo. Descobri esta semana o seu blog e já li tds os artigos que publicou. Acho de louvar a sua iniciativa e boa vontade em partilhar com desconhecidos os seus conhecimentos. Como mãe pela primeira vez já me esclareceu mts dúvidas. Gostaria de saber a sua opinião sobre os sacos de dormir para bebés, assim como a idade indicada para a sua utilização, pois sei que existem desde o nascimento mas tenho receio pela limitação de movimentos e pelo síndrome de morte súbita. Obrigada

    ResponderEliminar
  5. Boa tarde dr. Hugo. Descobri esta semana o seu blog e já li tds os artigos que publicou. Acho de louvar a sua iniciativa e boa vontade em partilhar com desconhecidos os seus conhecimentos. Como mãe pela primeira vez já me esclareceu mts dúvidas. Gostaria de saber a sua opinião sobre os sacos de dormir para bebés, assim como a idade indicada para a sua utilização, pois sei que existem desde o nascimento mas tenho receio pela limitação de movimentos e pelo síndrome de morte súbita. Obrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite,

      Os sacos são uma boa opção desde o nascimento e podem inclusivamente diminuir o risco de asfixia. Não aumentam o risco de morte súbita, pode ficar tranquila.
      Cumprimentos

      Eliminar
  6. Boa tarde Dr. Hugo tenho uma dúvida em relação ao repelente, minha bebê tem 1 mês e 4 dias e aqui tem muito mosquito(dengue,chicungunha e zica) e tenho medo de ela ser picada eu até uso o mosquiteiro só que ainda assim fico com receio, a minha pergunta é qual seria o indicado para ela? Eu até falei com o pediatra e ele falou que posso usar o que não tiver inseticida e qdo vou em busca nunca informa se tem ou não é acabo que não compro. O senhor indica algum?
    Agradeço a atenção.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde,

      Não sei se aí têm algum repelente ultrassónico, mas pode ser uma boa opção.
      Cumprimentos

      Eliminar