Fim do "meu" Consultório Pediátrico nas "Queridas Manhãs" da SIC

Por motivos de reestruturação dos conteúdos das "Queridas Manhãs" da SIC, a minha participação na última segunda-feira de cada mês vai deixar de acontecer.
No entanto, vou continuar a colaborar no programa, mas na rubrica "Os Doutores", que acontece todas as sextas-feiras. Não será todas as semanas (será algo com um cariz mais "pontual"), pois estará sempre dependente dos temas a abordar em cada programa, mas quando acontecer divulgarei antecipadamente no blogue, como sempre faço.
A primeira participação vai ser já na próxima sexta-feira, dia 25.
Não perca!

Comentários

  1. Que pena Dr, a sua rubrica era sempre extremamente útil, não perdia uma.
    Muito obrigada por ser um Médico que dignifica a sua classe, deviam haver muitos mais assim a prestar um serviço público tão importante para nós mães e para as nossas crianças. Bem haja

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia,

      Muito obrigado!
      De qualquer forma, vou continuar no programa, mas na rubrica "Os Doutores".
      Cumprimentos

      Eliminar
  2. Boa noite Dr Hugo, precisava de lhe colocar uma questão: o meu filho tem 2 anos e 3 meses está a acabar de sair de uma virose, no entanto hoje surgiu-me uma dúvida que é, acha importante que ele tome a vacina da gripe, tendo em conta as recomendações da DGS?
    Grato desde já.
    António Dias.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia,

      Segundo as recomendações da Sociedade Portuguesa de Pediatria, a vacina da gripe só tem indicação em crianças de risco, pelo que provavelmente não será o caso.
      Cumprimentos

      Eliminar
  3. Que pena... O programa vai ficar mais pobre sem a sua presença.
    A sua rubrica era tão importante e pertinente, vi todas!
    Mais uma vez parabéns pelo grande profissional que é!
    Abraço cá de casa e um especial do Lourenço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia,

      Muito obrigado!
      Cumprimentos e um beijinho especial para o Lourenço

      Eliminar
  4. Boa tarde doutor, e antes de mais um Feliz 2017 com tudo de bom para si e para os seus. Doutor, o meu bebé vai fazer 17meses, e está a passar uma fase muito desafiante. É um docinho de criança, muito sociável e posso dizer que bonzinho e tolerante. Mas, neste último mês passa o tempo todo a desafiar-me e não sei como reagir. Faz asneiras, ri-se quando o repreendo, apesar de ver que eu nao estou a achar graça nenhuma, e volta a repetir a asneira, até que "frito a pipoca" (pq a paciência tem limites) e dou.lhe um açoite (leve, obviamente)e sente.se ofendido, começa num pranto enorme, mas parece resultar... Naquele dia! Posto isto, qual a sua opinião sobre os açoites e palmadinhas (de amor)?! Tenho receio de estar a ser demasiado severa, mas por vezes a tom de voz mais grave e a expressão de zangada não nos leva a nada... Cumprimentos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite,

      Eu acho que a maior dificuldade que nós, pais, temos é de adequar a intensidade dos castigos à intensidade das asneiras, porque na altura parece tudo mais grave. As crianças aprendem a corrigir os problemas como nós fazemos, pelo que as palmadinhas devem ser usadas apenas para situações mais graves e não de forma generalizada, mesmo que sejam leves.
      Cumprimentos

      Eliminar

Enviar um comentário