Translate

Etiquetas

domingo, 18 de dezembro de 2016

O meu filho anda com pouco apetite - será normal?

A alimentação das crianças é sempre um motivo de grande preocupação por parte dos pais, principalmente quando as crianças passam por fases em que se alimentam pior. No entanto, é fundamental perceber que algumas dessas fases são perfeitamente normais e é mesmo suposto que aconteçam.
O apetite das crianças é uma característica extremamente variável, pelo que deve ser encarado com alguma “serenidade”, de forma a não condicionar muito o seu dia-a-dia. Depende de diferentes factores, dos quais os mais importantes são os seguintes:
  • Idade da criança – No primeiro ano de vida a velocidade de crescimento é muito elevada, pelo que os bebés têm necessidade aumentadas de comer, para poderem suprir as suas necessidades. A partir dos 12 meses essa velocidade vai-se reduzindo, o que faz com que as crianças comam menos, porque na realidade não precisam de tanto (ver post sobre este assunto - O que é a anorexia fisiológica do 2º ano?).
  • Tipo de comida – Todos nós temos as nossas preferências alimentares e com as crianças passa-se exactamente o mesmo. Apesar de a escolha não ser inteiramente delas, temos que perceber que elas não gostam da mesma forma de todos os alimentos e isso vai condicionar, obviamente, o apetite que apresentam.
  • Estado de saúde/doença – Sempre que uma criança está doente (ou quase sempre), isso reflecte-se no seu apetite. Nessas situações acabam por comer menos e isso é perfeitamente normal, podendo esta queixa durar cerca de 1 semana. Com a resolução da doença, o apetite vai também melhorando gradualmente até se restabelecer por completo.
  • Picos de crescimento – O crescimento das crianças não é completamente linear e gradual, o que faz com que as necessidade do organismo vão também variando. Há alturas em que crescem mais (os chamados picos ou surtos de crescimento) e, consequentemente, acabam por comer também mais e alturas em que não crescem tanto, o que faz com comam pior.
  • Contexto – A maior parte das crianças gosta de rotinas e, quando ocorre uma mudança no seu dia-a-dia (férias, por exemplo), isso vai reflectir-se no seu comportamento, no qual se inclui também o apetite e alimentação. É frequente comerem pior nessas alturas e, se a redução não for muito drástica, acho que é algo que deve ser visto com tranquilidade e com alguma cedência por parte dos pais (mas sem nunca perder o controlo da situação!)

De um modo geral, a maior parte dos pais habitua os seus filhos a comer demais. No entanto, apesar de não ser fácil, é importante que aprendam a respeitar os sinais de fome e saciedade das crianças, porque esse é o melhor indicador da quantidade de comida que devem comer.

Em jeito de conclusão, gostaria apenas de reforçar a ideia de a forma mais adequada de ver se a criança se está a alimentar como deve é pela sua evolução de peso, pois se estiver bem quer dizer que ela está a comer o que precisa. Isso é mesmo o mais importante…

13 comentários:

  1. Boa tarde Dr. Hugo. Tenho um bebé com 6 meses e meio e estão a nascer-lhe dois dentinhos. Este fim de semana, para além de por vezes se recusar a beber o leite, não quis comer a papa, e para lhe dar a sopa e a fruta à hora de almoço e jantar foi um filme. A minha dúvida é: será que o nascimento dos dentes interfere com o apetite dos bebés? Que sintomas pode ter o bebé aquando do nascimento dos dentes? Com os melhores cumprimentos, Ângela Ribau

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite,

      O nascimento dos dentes pode causar desconforto em, por esse motivo, interferir com o apetite dos bebés. Experimente dar-lhe um pouco de paracetamol, para ver se melhora.
      Cumprimentos

      Eliminar
  2. Olá Dr . Hugo meu filho completou 5 anos no último dia 12. Ele é extremamente resistente a provar novos alimentos e as únicas coisas que consigo fazer ele comer é carne, bata frita (na fritadeira sem óleo ) nas refeições salgadas. No café da manhã só achocolatado e pão com açúcar. No último ano ele aumentou 3 cm de estatura e não ganhou nada de peso. Há alguma dica de algo que possa fazer para que ele aceite ao menos provar novos alimentos?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia,

      Infelizmente não, com essa idade tem mesmo de o convencer a provar, tentando premiar quando ele faz esse esforço.
      Cumprimentos

      Eliminar
  3. Ola doutor.
    Minha filha tem 8 anos e ultimamente ela tem se alimentado muito mal,tem resistência a quase tudo,não quer tomar café pela manhã, almoça e janta bem pouco, ela diz sentir enjôo, achei que poderia ser anemia, levei ao pediatra fez exame de sangue e está tudo bem.
    O que pode ser esse enjôo?
    Que tipo de exame posso pedir?

    Obrigada e parabéns pelo blog to sempre por aqui 😊

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde,

      Pode ser uma intolerância a lactose, acho que fazia sentido experimentar dar um leite sem lactose durante algum tempo, para ver se melhora.
      Cumprimentos

      Eliminar
  4. Boa noite doutor,
    Tenho uma filha de 10 meses que, nestes últimos dias, não tem comido a sopa. Por vezes, consigo colocar uma colher de sopa à boca, mas a partir daí, fecha a boca que não há maneira dela comer mais. Já cheguei a fazer uma das primeiras sopas que ela chegou a comer bem e mesmo assim não come. Por vezes, acabo por lhe dar outras alternativas, como a papa e a fruta, consigo colocar uma colher à boca e nada mais. Nestas situações, ela fica revoltada e chora. Ela está a emagrecer. Estou preocupada.
    Qual será o motivo para não querer comer? O que devo fazer?

    Muito obrigada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde,

      Se está a e,atrever tem que ser vista, infelizmente não consigo ajudar a distância.
      Cumprimentos

      Eliminar
  5. Boa noite Doutor!
    Hoje mesmo fui a pediatra que acompanha minha filha de 2anos e 11meses. Minha filha sempre teve baixo ganho de peso, com dois meses outra pediatra diagnosticou ela alergica ao leite de vaca, eu Ainda a amamentava mudei tudo tudo da minha alimentação depois de dois meses conecanos introduzindo derivados, e ela não teve mais nenhuma reação e passamos a dar leite de vaca, porém sempre sempre ela cresce mas quase nada de peso ganho, já fiz exames de sangue nada de anemia, outras vitaminas e tmb td normal, ela é bem pequena e difícil pra se alimentar, tivemos fases muito difíceis onde eu realmente me dezesperada, as x qnd Bb passava 5hrs quase sem comer... Depôs com nascimento de dentes então era terrível.
    Hoje pesamos ela e está com 10,170kg e 90,5 cm com 2a11m. A pediatra hoje passou uma vistamina, gosto da médica, mas gostaria de sua opinião se devo pedir algum exame específico ou ir a outra médica?
    Ela não vai a escola, e dorme na cama com nos .
    Se puder me ajudar em alguma sugestão para este coração sempre preocupado....
    Muito obrigada

    ResponderEliminar
  6. Respostas
    1. Boa noite,

      Infelizmente essa é uma das situações em que não consigo ajudar muito a distância, pois precisava de observar a criança para entrar perceber se há mais alguma análise a fazer.
      Cumprimentos

      Eliminar
  7. Boa tarde,
    Tenho um bebé de 9 meses. Aquando a introdução dos alimentos comia perfeitamente a sopa, fruta e papa. Desde os 7 meses, quando lhe apareceram os dentes deixou de comer. A sopa nem vê.la, mesmo com puré de maçã. O que me descansa mais é o facto de ainda estar a dar mama. Mas gostava de fazer o desmame noturno e tenho medo que fique com fome ou que perca peso. O que lhe parece? Obrigado.

    ResponderEliminar
  8. Boa noite. Tenho um filho de 3 anos de idade. Tem peso baixo, anemia e falta de apetite. Pode me sugerir em termos de alimentos o que devo dar para melhorar esta situação?

    ResponderEliminar