Sestas depois dos 3 anos? Claro que sim!

O sono é um elemento fundamental no nosso dia-a-dia, mais ainda se estivermos a falar de crianças.
Mas, nos primeiros anos de vida, o sono não deve ser encarado apenas como o que decorre no período nocturno, pois as sestas diurnas são também muito importantes.
Foi precisamente por causa disso que eu decidi escrever sobre este tema no meu artigo mensal da revista Visão. Se não o leu, pode fazê-lo clicando aqui.


Comentários

  1. Dr. Hugo, inicialmente gostaria de parabenizá-lo por essa maravilhosa iniciativa em usar seu canal para auxiliar milhares e milhares de famílias com seus pimpolhos. Muitíssimo obrigada!
    A primeira vez que li seu blog fiquei imensamente feliz em saber que tem um canal de confiança em que posso tirar minhas dúvidas e acalentar meu coração de mãe de primeira viagem.��
    Sobre as sestas, minha bebê tem 5 meses e duas semanas e raramente dorme mais que 30 minutos a cada intervalo de 1h:30min/2h. Já li em diversos artigos que os bebês com o mesmo tempo da minha precisam ter sestas de 1h:45min a cada intervalo de 2h. Fico preocupada em futuramente isso acarretar em algum probleminha com o desenvolvimento dela. Não sei o que fazer pra ela dormir por mais tempo. As vezes quando deito com ela percebo que ela dorme um pouco mais, porém não é sempre. Será que estou fazendo algo errado? Outra coisa é sobre o sono noturno, embora ela já esteja com 5 meses e duas semanas as vezes ela ainda acorda a cada duas horas e na maioria das vezes a cada 3 ou 4h, raramente ela consegue dormir 5 ou 6h seguidas. Temos uma rotina do sono, mas não sei o que acontece ��
    Desde já agradeço, pois sei que terei um norte a seguir a partir de sua resposta. Muito obrigada!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde,

      Geralmente o problema dos sonos curtos está na forma como os bebés adormecem. Se o habituar a adormecer com contacto físico (colo, por exemplo), sempre que ele acordar vai exigir esse mesmo contacto e não vai saber voltar a adormecer por ele. O ideal é mesmo que adormeça na caminha dele, de forma autónoma e sem "muletas".
      Cumprimentos

      Eliminar

Enviar um comentário